sábado, 24 de abril de 2010

Já me tinha perguntado quem era eu fora do meu contexto. O que eu era eu sem a minha escola, os meus pais, os meus amigos, os meus amores. Sem ter os assuntos comuns que costumava usar para quebrar o gelo, sobre a cidade, sobre a materia, ou sobre alguem conhecido. Quem era eu so por mim, sem todos esses enfeites. Tive uma oportunidade de o saber. Cá estou eu, sem nenhuma dessas coisas adjuntas. Adjuntas mas que me fazem falta, atenção. E fui surpreendida. Nao era o que esperava, embora nao esperasse nada de concreto. Nao era a ideia que tinha minha dentro do meu contexto. E acredito que nao seja mesmo. Mas eu so tenho mesmo, ou só sou mesmo, aquilo que consigo trazer comigo (como bagagem), quando nao trago mais nada sem ser uma mala com roupa.

8 comentários:

Anónimo disse...

escreves bem x)

Mariana disse...

quem és?

Anónimo disse...

Sou alguém que acha que escreves e pensas demasiadamente bem para alguém com a tua idade :)
(e conheces-me, sim)

Mariana disse...

muito obrigada, mas nome?

Anónimo disse...

porque é assim tão importante saber?

Mariana disse...

gostava de saber

Anónimo disse...

gostavas de conhecer um fã? :p

Mariana disse...

gostava sim