segunda-feira, 29 de março de 2010

boa vista (1)

A grandeza torna as coisas impessoais. Talvez de início pense: 'gostava de ter um castelo muito grande como este'. Mas depois, entre isso e uma cabana junto ao mar ou uma casinha no campo escolheria a opção mais pequena. O homem está realmente internamente ligado, queira ou não, à natureza. E ela é grande por si só. Não precisamos de um castelo para o sentir. Por isso para mim, este castelo no meio da areia, com mil e quinhentas pessoas, não serve. O único lugar vasto, amplo, sem fim, onde eu senti que lá queria viver e correr pela erva fora, foi Versailles. Sim, esse jardim sim, com aquela espécie de canal, aquele arvoredo todo, aí eu sentiria-me parte dele. Agora este castelo de areia, bastou o caminho da praia ao quarto para deixar de achar que gostava de ter um castelo como este. Embora as dunas enormes que o tapam sejam magestrais.

Sem comentários: