quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Quando retomarmos a casa, quero que admires as flores ao longo do caminho.na volta já não há pressa. longe o percurso e longo com girassóis e malmequeres. fui solto, vegetal, azul, fecho o dia. abro a noite
(mocamfe-2003)

1 comentário:

Manuel (Duarte) disse...

Ainda bem que me posso ler o que aqui está presente. Gostei (:
Continua o caminho. Vou-te acompanhar,no mundo da arte. Tens uma expressão bem digna de uma artista,quem diz artista,diz escritora,actriz,dançarina,DJ... (:
Beijinho ó Mi*