terça-feira, 1 de dezembro de 2009

1988 - Mocamfe

Quem não sai de sua casa, cria mil olhos para nada. Anda, até ali , juntos (aponta), vês aquela árvore? Foi ali que este mundo nasceu? Foi num dia cinzento de Outono, depois, mais tarde, a vida entristeceu e começou a chover, abriu-se a ideia, sorriu, deu-se a luz, o sol, o verão , surgiram flores e passarinhos no azul quente do mar.

Sem comentários: