terça-feira, 7 de abril de 2009

escolhi o título do blog há meio ano

Se usarmos menos advérbios,descobrimos pequenos hóspedes em casas não habitadas. Se mudarmos de advérbios podemos ou afirmar ser outro lote,ou revelar que afinal,sempre houve alguém do outro lado. As fechaduras só vão lá com jeitinho. Quanto tempo ficamos a forçar uma fechadura,e a porta teima em não abrir? Há que sentar na varanda,olhar as estrelas (que de tanto tentar já se fez noite),pensar um pouco,talvez adormecer e no outro dia de manhã acordar com o sol que brilha...Apetece-nos um copo de água e ao nos dirigirmos a casa,ali está : aberta. Aberta,e desta vez não fazia frio,desta vez não faz tremer. E mora lá gente.

1 comentário:

bárbara disse...

atrevo-me a dizer que percebi este texto