segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

obrigada,adoro-te

' (..)É por não nos conseguirmos lembrar de quem amamos que temos de estar sempre junto dela. (..) Cada vez sou apanhado de surpresa. (..) É sempre diferente,mais bonita,mais interessante do que pensava. (..) Estou aqui sentado e resolvo lembrar-me dum amigo meu que não vejo há muito tempo. Vou buscar as cartas que me escreveu (..) Eu tenho um pequeno truque. Quando estou com quem amo,quando tenho a sorte de estar à frente de quem adivinho a saudade de nunca mais a ver,faço de conta que ela morreu,mas voltou mais um único dia,para me dar uma última oportunidade de a rever,olhar de cima a baixo,fazer as perguntas que faltou fazer,reparar em tudo o que não vi ; uma última oportunidade de a resguardar e de a reter. Funciona. (..) ' (Miguel Esteves Cardoso)

'Não sei como aconteceu isto tudo,mas sei como vai acabar.' (Pedro Quintal)

1 comentário:

bárbara disse...

agora assim só me lembro de uma quote do edward scissorhands que eu amo

"Hold me.
I can't."