terça-feira, 30 de dezembro de 2008

fiambre

Perdi-me nesse teu platonismo infértil,daquele chão nada mais cresceu. Nem musgo. (....)

Agosto 2008