sexta-feira, 21 de novembro de 2008

alfinete


não guardei todo o rasto de ti. nem me apercebi, pensei que tinha demasiado tempo para o fazer. fiquei sem tinta,sem papel,sem som,sem cor,sem imagem,sem sombra,sem matéria de ti. fiquei com dois dedos de paleio now and then que têm o poder mágico,único e exclusivo de me fazer feliz.67,contei e disse-te.

1 comentário:

Catarina disse...

tudo o que tu escreves deixa-me 'wow'. tens tanto jeito :)